08-05-2020

Governo receia que haja menos alunos a entrar no ensino superior

Consequências da atual pandemia

Recomenda-se aos estudantes que analisem opções de candidatura para escolherem os exames nacionais que vão realizar.

 

O Governo fez saber que receia que haja um número inferior de alunos a entrar no ensino superior neste ano letivo, devido às medidas de contenção da covid-19, e pede aos estudantes que realizem provas suficientes para poderem concorrer a vários cursos, num ano em que os exames nacionais vão ter regras especiais devido à suspensão das aulas.

 

“Poderemos ter mais pessoas a terminar o 12.º ano, mas depois menos alunos a entrar no ensino superior”, alertou o secretário de estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira.

A pandemia da covid-19 levou à necessidade de manter o distanciamento social e à suspensão das aulas presenciais desde março, pelo que o Governo decidiu fazer alterações no acesso ao ensino superior:

  • Este ano, os alunos só precisam fazer exames nacionais no ensino superior às disciplinas exigidas para os cursos a que pretendem concorrer.
  • Todas as escolas estão encerradas desde 16 de março e apenas os alunos do 11.º e 12.º ano deverão voltar a ter aulas presenciais ainda este período.
  • Em meados de maio, os estudantes deverão regressar às escolas apenas para ter aulas às disciplinas a que se propõem fazer exame.
  • Os exames do ensino secundário são adiados, para dar mais tempo à conclusão do ano letivo.
  • As aulas vão poder estender-se até 26 de junho.
  • A 1.ª fase das provas nacionais, que estava marcada para a segunda quinzena de junho, passa para os dias 6 a 23 de julho. A 2.ª fase realiza-se de 1 a 7 de setembro.

 

O secretário de Estado alertou que é preciso estar precavido para o caso de não conseguirem entrar no curso com que sonham: “Os alunos têm de pensar num leque para ter uma abrangência de candidatura, porque algo pode correr mal e depois ficam sem a prova de ingresso”.

 

Fonte: Público

voltar ao topo
KUBO © 2018 - 2020

Política de Privacidade

zuka