17-06-2020

Um terço dos estudantes entra no secundário com negativa a Matemática

Segundo um Relatório da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), em sete anos, o número de estudantes que terminam o 9.º ano e passam para o ensino secundário com negativa a Matemática aumentou dez pontos percentuais - 33% dos alunos, ou seja, um em cada três alunos, entram no 10.º ano sem terem tido aproveitamento à disciplina.

 

A Matemática é a exceção num cenário global de melhoria dos resultados no 3.º ciclo. Depois desta, as disciplinas com uma maior percentagem de alunos que passam para o secundário com negativa são o Inglês e a Físico-Química, em que a percentagem é de 9%. Um aluno é retido se tiver negativa cumulativamente a Matemática, Português e uma terceira disciplina ou a quatro disciplinas, se nenhuma delas for Matemática ou Português.

 

O Ministério da Educação reconhece uma “melhoria gradual dos resultados”, sendo que, em algumas disciplinas, “nomeadamente a Matemática”, continuam a persistir “níveis de insucesso preocupantes”. Mais ainda, afirma que é fundamental continuar “o trabalho de promoção do sucesso escolar, de reorganização curricular e de diversificação das estratégias de ensino-aprendizagem”.

 

Existe um receio geral na sociedade relativamente à Matemática. Nesta disciplina, ao contrário da maioria das outras, tudo está interligado, por isso, quando os alunos perdem um único passo, têm logo a sensação de que estão perdidos e desorientados.

Daí a importância da aprendizagem ser bem consolidada e feita passo a passo, sempre com um fio condutor.

 

Fonte: Observador

voltar ao topo
KUBO © 2018 - 2020

Política de Privacidade

zuka